Bem-vinda!!

Bem-vinda ao nosso blog!
Aqui, mamães muito diferentes mas com um único objetivo compartilham suas experiências nesta grande aventura que é a maternidade! Nós queremos, acima de tudo, ser mamães sábias, que edificam seus lares e vivem com toda plenitude o privilégio de sermos mães! Usamos muitos dos princípios ensinados pelo Nana Nenê - Gary Ezzo, assim como outros livros. Nosso objetivo é compartilhar o que aprendemos a fim de facilitar a vida das mamães! Fomos realmente abençoadas com livros (e cursos) e queremos passar isso para frente!


"Com sabedoria se constroi a casa, e com discernimento se consolida.
Pelo conhecimento os seus cômodos se enchem do que é precioso e agradável"
Prov. 24:4,5

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Gestação: nove meses de enjôo e mal-estar?

Faz algumas semanas que estou ensaiando publicar algo sobre as aflições de uma gestação com nove meses de enjôo e mal-estar. Estou com 36 semanas. Em várias das noites em que tive insônia, minha mente, recusando-se desligar para que eu pudesse dormir, escrevia e reescrevia em pensamento formas diferentes de expressar o que eu estava sentindo. Ainda bem que me segurei e mantive-me em silêncio esse tempo todo! Eu certamente teria me arrependido das duras palavras entaladas na minha garganta, rs. Pois é, o cansaço pelas noites mal-dormidas estava tão intenso que me deixou amargurada e revoltada com a situação. Bem que dizem que em meio à tempestade de nossas mudanças hormonais, nossas emoções ficam à flor da pele... mas quando vem a calmaria, ah que delícia que é recobrar a paz interior!

Hoje quero falar sobre um tema que pouco se fala: enjôos e mal-estar que se estendem além do primeiro trimestre de gravidez e vão até o fim da gestação. Pela minha experiência são poucas as mulheres que passam por isso, mas eu acho que só o fato de saber que elas não são as únicas já serve de consolo. É incrível pensar nesta necessidade humana de se sentir aceita e compreendida pelos seus pares, não é mesmo? Saber que outros viveram algo parecido com o que você está vivendo por si só já um alívio: a coloca em pé de igualdade com outras pessoas e a enche de forças e novo ânimo para superar os desafios da adversidade imposta. Quem sabe algum psicólogo algum dia não queira se aprofundar nesse tema de pesquisa? =)

A minha amargura era justamente essa. Pensava com revolta em ditos populares como "a mulher grávida está na sua plenitude" e "gravidez não é doença" porque me pareciam frases maldosas que tinham o objetivo de me fazer sentir mal por estar me sentindo mal! E durante aquelas conversas de banheiro então em que, numa tentativa de ser simpática comigo, a mulherada colocava toda aquela aura em volta da delícia que tinha sido para elas estarem grávidas, das saudades que sentiam do lindo barrigão e de como ficaram naturalmente maravilhosas durante essa fase!! Por um lado sentia-me culpada por não estar enxergando ou vivendo a tal da plenitude que toda mulher grávida TINHA QUE sentir; e por outro ficava irritada porque ninguém me compreendia ou parecia se importar que eu estava péssima, me sentia discriminada por não ter superado a fase dos enjôos ainda, que só deviam durar os três primeiros meses.

O fato é que longe de me sentir bela e maravilhosa com o super barrigão, eu me sentia DOENTE! Se não era uma coisa era outra... o mal-estar dos enjôos, os vômitos, as azias constantes, a irritação por ter que ir ao banheiro fazer xixi o tempo todo (e mesmo depois de fazer o aperto na bexiga não cessa), a fadiga extrema por causa da insônia (acordar de madrugada pra fazer xixi, ter que comer por causa do enjôo e não conseguir voltar a dormir é enlouquecedor!!), as câimbras, a inflamação lombar que trava as costas e faz você andar mancando nas manhãs frias, a dor nas costas e pernas por causa do peso da barriga... ufa, cansa só de falar!

Ah, e por falar em barriga... essa era outra frustração minha! Até o 6º. mês de gestação da Nicole nem os assentos preferenciais no trem eu conseguia porque as pessoas não notavam que eu estava grávida (no inverno a gente põe tanta blusa e casaco que disfarça a barriga). Nessa gestação da Alícia não está sendo diferente. Quer deixar uma grávida chateada?? Diga para ela que sua barriga está pequena, principalmente se ela já engordou 18 kg!! Que raiva que dava! Parece até que a feminilidade da mulher está no tamanho da barriga dela enquanto gestante - pura besteira, eu sei, mas esses comentários todos impactam e nos pressionam a seguir um certo padrão externamente imposto do que é bom/ruim, certo/errado, aceitável/inaceitável.

Bem, a conclusão a que chego é a mesma que o salmista chegou numa conversa que teve consigo mesmo há muitos e muitos séculos. Os tempos passaram e muita coisa mudou de lá pra cá, mas as crises internas humanas continuam as mesmas. Ele disse: "Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus" (Salmo 43:5).

Quando não nos sentimos compreendidos, aceitos ou aprovados por homens, nem tudo está perdido. São em momentos assim que precisamos colocar nossa confiança em Deus e esperar nEle pois somente Ele poderá nos dar paz interior!

Sinto-me bem mais calma agora, confesso que os sintomas não foram embora (ontem tive crise de vômito de novo, essa manhã fortes dores de cabeça e tontura e continuo tomando remédio para controlar a pressão) mas a minha alma está esperando em Deus e isso por si só já me enche de uma paz indescritível! Sei que Ele está comigo e não me abandonará e O louvo porque sei que em breve a pequena Alícia estará em meus braços com muita saúde!!

46 comentários:

  1. Sei bem o q é isso, estou qse no sétimo mês e com muitos enjoos, mas só o q posso é agradecer porque a pequena Giovanna esta bem, e pedir pra q passe logo. bjs

    ResponderExcluir
  2. oi passo mal demais com enjooos na gravides estou com 32 semanas ,como fçao p falar com vc tem orkut emails msn ? abraçosss de uma pessoa angustiada

    ResponderExcluir
  3. queria muitoooooooooooooooo falar com vc amiga... me passa seu msn.. estou numa angustia sóooo 8 meses enjoandooo choro de tanta tristeza

    ResponderExcluir
  4. Oi Nany, me passe o seu endereço de email e vamos manter contato sim!

    ResponderExcluir
  5. obrigada. vc escreveu tudo o que eu precisava dizer... nao é fácil e poucos entendem. estou com 30 semanas e vomito todos os dias... choro as tampas e tento encontrar minha paz em Deus também.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ludmila, a boa notícia é que depois do parto os sintomas passam. Pra mim foi praticamente instantâneo, nas duas gestações! Um bom parto pra você! Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Olá olá!

    Só queria dizer que também tive enjoos durante toda a gravidez. O que me "salvou" foram uns comprimidos chamados Nausefe e que em nada prejudicam o bebé. :)Se os não tomasse vomitava na certa! :)

    ResponderExcluir
  8. Anônimo,

    Valeu pela dica! Se algum dia eu precisar novamente, com certeza vou me lembrar dela! Obrigada por postar.

    Talita

    ResponderExcluir
  9. Você falou exatamente tudo o que eu penso! A gravidez também tem sido difícil para mim, com muitos e exaustivos dias de enjoos sem fim. Mas tenha muita força que logo logo vamos nos sentir melhor!!!! Você consegue! Boa sorte! :)

    ResponderExcluir
  10. Estou com 38 semanas e até hoje tenho enjoos e mal estar, meu consolo é que já está acabando!

    ResponderExcluir
  11. Anônimo,

    Sim, você está na reta final agora. O pior já passou e em breve terá um bebê lindo e gostoso nos seus braços!! Deus abençoe o seu parto!

    Talita

    ResponderExcluir
  12. Olá, engraçada a vida principalmente algumas mulheres, ontem estive no salão de beleza onde frequento a um bom tempo, encontrei a mesma cliente que mês passado estava fazendo a unha,e ela comentou que a gravidez dela fora horrível e que não teve paciência para amamentar e que a filha dela estava com catorze anos linda, inteligente, uma adolescente normal. Pois bem ontem estive no mesmo salão e estava me depilando, e ouvi ela comentando com uma outra mulher que contava que havia passado muito mal e que só amamentou um mês. E então essa pessoa sem alma, porque só posso pensar isso de uma mulher que vendo a aflição de uma mãe contar o tormento que está passando se condenando pois só amamentou seu filho um mês além de ter passado mal os nove meses, contar a maior mentira, dizendo que a melhor coisa do mundo pra ela foi amamentar a sua filha, que a sua gravidez tinha sido maravilhosa, muito boa, e que ela acha um absurdo a mãe que fala que amamentar é ruim, enfim, descobri que tem mulher que não tem carater mesmo, falta de alma isso, que Deus talvez tenha poupado ela de passar tanto mal na gravidez, porque o castigo dela deva ser outro beem pior e que vá ter que passar sozinha. Que você tenha muita paz e amor nesse seu momento, passar mal na gravidez os nove meses é normal, dependendo da posição do bebê, principalmente se você é magra esbelta, e o bebê for grande ele toma muito espaço e acaba precionando demais o estomago aí tudo que entra acaba voltando mesmo. Mas passa e pode ter certeza de uma coisa, nenhuma gravidez é tão maravilhosa assim como contam, o que acontece é que saber que vocÊ vai ter um nenemzinho seu, é uma expectativa maravilhosa e o sofrimento se minimiza, mas não é tão maravilhoso assim não, sem dor alguma, a mulher que falar isso, coitada já tá sofrendo desde que nasceu, de uma doença chamada falta de ALMA!! BEIJOS E FICA COM DEUS!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,eu achei muiito interessante a conversa de vcs porque eu to passando pela mesma coisa,e toda vez que vou vomitar,é horrivel.hoje eu passei mal no ônibos na tragetoria do meu trabalho,e não consegui trabalhar com tantos enjous e eu sentia como se minha barriga tivesse cheia de gases,e eu vomitei tanto q minha barriga começou a a doer foi horrivel,eu me preocupei com luca meu bb pois estou com cinco mêses,nunca pensei que os sintomas do começo da gravidez podessem voltar em dobro,mais em fim eu graças a deus to pensando muito no meu filho e oq me encomoda mais é a fadiga o cansasso,e não to podendo comer muito sendo que eu adoro comer.mais espero ansiosa o momento que tudo isso vai passar valeu. Boa sorte pra gente e q nossos bebes nascam saudaveis <3

      Excluir
  13. Sim, passa... e já passou - daqui alguns dias a Alícia vai completar 10 meses. Foi bom eu ter desabafado e colocado pra fora os meus pensamentos daquela época, muitas grávidas com problemas parecidos se sentiram compreendidas, expuseram seus sentimentos e fazendo isso acredito que se sentiram mais fortes e foram encorajadas! Esse é um dos propósitos do blog!

    ResponderExcluir
  14. Ola Talita, estou gravida de 27 semanas e é minha primeira gestação, de uma menina!!Amei o blog, pois é tudo q tenho passado, ainda passo muito mal, enjous, dor de cabeça, tontura, dor nas costas, e acho q vou assim até o final...e pra variar minha barriga tbm naum cresceu muito e ta dificil ir trabalhar e ouvir as pessoas falando q gravides naum é doença...enfim, estou bem triste, mas sei q Deus é fiel e acredito nos propositos Dele!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Ani,

    Entendo sua aflição. É horrível mesmo, mas se serve de consolo, lembre-se de que PASSA! É uma fase e, como todas as outras, é passageira. Aguente firme, coloque sua confiança em Deus. Permita que Ele use essa situação para aproximá-la mais dEle. Quando sua pequena nascer e você olhar pra trás, verá como todo esse sofrimento terá valido a pena!

    Boa hora pra você!
    Com carinho, Talita

    ResponderExcluir
  16. Nossa! Como foi bom ler as suas palavras! Essa frase "gravidez não é doença" não sai da minha cabeça. Fico me perguntando se eu é q sou muito fraca, pq me sinto doente. E olha q essa é a minha segunda gravidez, na 1a não senti nada disso. Foi tudo lindo. Agora, tenho mais responsabilidades, um menino lindo de 2 anos precisando de mim e esse mal estar terrível. Sinto-me fraca, não consigo me alimentar direito. É horrível ter que comer sem vontade, saber q depois vai bater uma baita azia... Ultimamente, o q me faz sorrir é apenas o meu Vitinho... com seu sorriso inocente...
    E é claro, lembrar que Deus está conosco dá força. Mas vou ter q ser forte. Ainda estou de 8 semanas...
    Carolina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina,

      Sim, eu sei bem como é isso! Vamos torcer para que o seu mal-estar passe dentro de poucas semanas e logo logo estar grávida seja tão maravilhoso pra você quanto foi da primeira vez!

      A minha dica é você procurar descansar bastante. Não sei se você trabalha fora ou se fica com o Vitinho em casa o dia todo, mas é importante ter momentos planejados de descanso durante o dia (tirar uma soneca), ou pelo menos ir pra cama à noite mais cedo do que costuma. Seu corpo e o/a bebê agradecem!

      Beijos, Talita

      Excluir
  17. é muitoo bom ter lido esse blog pois passo por isso, estou de 24 semanas e to sempre com mts enjoos a ponto de ficar até 2, 3 dias vomitando direto.
    e é mt bom saber qe nn sou a unica a passar por isso. Quase sempre familiares nn entendem mt como é e acham que gravidez não é doença, maais só quem passa que sabe. mais entrego tudo nas maãos de Deus que uma hora eu vou conseguir curti minha gestação. Parabens a tds as futuras mamãaes. beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anônimo,

      Obrigada por ter comentado. Sua história enriquece bastante o blog porque as pessoas podem se identificar com o que você está passando. Continue otimista e confiando em Deus para cuidar de você e de seu bbzinho que logo logo etará em seus braços!

      Boa saúde e paz a vocês!
      Talita

      Excluir
  18. Me chamo kika e eu sou uma pessoa revoltada com a gestação, leia-se GESTAÇÃO e não com a bb em si, pois já amo muito minha filha, digo em relação ao processo gestacional que é horrivel, vou fazer 28 semanas, minha barriga tb nao cresceu muito e to sentindo tudo que foi descrito por vc, no exato momento to sentindo muita moleza, cansaço, fadiga, desanimo, enjoo, tenho 30 anos e nunca quis ser mãe e digo que, depois disso tudo nao vou querer mais passar por isso de novo, só se eu adotar um menino que era o que eu queria ter tido mas nao foi da vontade de DEUS. Eu era uma pessoa feliz, dispostas, animada, desde que começaram os sintomas da gravidez, nunca mais fui a mesma, não entendo pq temos que sofrer tanto, seria algum castigo contra a mulher ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kika,

      Não acredito que seja um castigo contra a mulher, mesmo porque é tão diferente de pessoa para pessoa, você não acha? Talvez seja igual a sentir dor no parto, algumas pessoas sofrem mais do que as outras. A tolerância à dor, a resistência física, o preparo psicológico, a equipe médica e a própria personalidade da pessoa influenciam bastante. É o que eu penso. Sofri muito nas duas gestações mas não cheguei a ficar revoltada com a gestação em si, ficava chateada que ninguém me entendia. Foi muito difícil suportar os longos dias ruins, mas com a graça de Deus consegui! Engraçado que, como você, meu marido e eu cogitamos adotar os próximos, haha. Ele sofreu tanto quanto eu durante as gestações!

      Eu sei que minhas palavras não vão fazer o cansaço, os enjôos e o mal-estar irem embora, mas agora você já está no finzinho desta etapa. O pior com certeza já passou. Faltam poucas semanas!! Espero que a expectativa do nascimento dela a ajude a superar. Busque força em Deus! A alegria de ver o rostinho da sua filha irá fazer toda essa parte ruim da gestação parecer insignificante e você vai pensar "Valeu a pena" e "Eu faria tudo de novo!".

      Um forte abraço, Talita

      Excluir
  19. sim, obrigada. Ainda tem o fato de eu ser mãe solteira, por engravidei usando camisinha de um homem da inglaterra.....ele por sua vez nem assumir quer e cortou assunto comigo.... ta dificil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, Kika, que situação chata! Que Deus lhe dê força e sabedoria dobrados para criar e educar sua filhinha. Nem consigo imaginar como deve ser difícil ser mãe solteira... tanto para a própria mãe quanto para a criança. Mas oro a Deus para que Ele a capacite e lhe encha de fé, esperança e amor incondicional em cada etapa do processo!

      Beijos e foi bom falar com você. Estarei orando pela sua vida!

      Talita

      Excluir
  20. o comentario acima foi escrito por mim - kika

    ResponderExcluir
  21. ola obrigado por suas palavras, estou com 29 semanas, agora ta tudo piorando, ficando inchada, essa semana fiquei com 38 de febre e dor nos ossos, devo ta com principio de dengue...espero melhorar logo....falta pouco para o nascimento. graças a deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, estranho esses sintomas. Não sei se estão associados necessariamente à gravidez. O mais indicado é você procurar ajuda médica para acompanhar direitinho o fim da gestação!

      Excluir
    2. então, fiz exames e nada foi constatado, minha medica disse que foi apenas uma leve virose, mas ja estou bem hj com 32 semanas. o que me preocupa é que ando fazendo 14/9 de pressão.,..cada dia que passa é uma vitoria.

      Excluir
  22. Nossa, vc disse tudo q eu queria ouvir e não me sentir um monstro, passo por tudo q vc descreveu.. Sabe o q é mais engraçado?? Agora q minha barriga (estou com 33 semanas) esta bemmm maior, as pessoas me dizem: "nossa, sua barriga deu um pulo heim, esta enorme!!!!" Quer dizer se não cresce, esta muito pequena e se cresce esta muito grande?? Vai entender esse povo!!!.. e náusea as tenho até hoje.. aff.... Ah, tem mais, na primeira gestação engordei 16kg, e todos diziam q havia engordado muito, agora na segunda gestação, mal engordei 2kg, e o povo segue falando, nossa, como seu rosto esta fininho, vc precisa engordar, esse menino vai nascer magrinho.... é. realmente, não conseguimos agradar a todos, mas temos a obrigação de nos agradar e seguir em frente até termos nossos filhotes em nossos braços!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Gabriela Salles, realmente é quase impossível agradar a gregos e troianos, rs. Mas sabe de uma coisa? No fundo a grande maioria das pessoas nem fala por mal, é só falta de noção mesmo! Acho que no geral a gente só entende algumas coisasquando passa pela situação e vê como esse tipo de comentário é chato e inconveniente. Mas aguente firme aí e mais um pouco seu menininho nasce! Que Deus abençoe seu parto e revigore suas energias dia-a-dia. = )

      Um abraço, Talita

      Excluir
  23. sou a Ketty; poxa, estou passando por isso agorinha, ta pra mim ganhar dia 12 de março, ta dificil, a 2 dias nao entra nada, so sai, vomito a cada entrada de alimento, ate msmo agua, sera que esses fortes enjoos prejudicam a gravidez? ontem msmo senti em baixo da minha barriga uns cutuques, tipo um coraçao batendo,as vzs acho q dessa situaçao, so eu passo, meu Deus, muito sofrimento, nao durmo, nao como, e sinto muita sede mais é so tomar que o enjoo vem junto.. faltam 12 dias, mais esses estão parecendo uma eternidade.. Bjim, esse foi so um desabafo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ketty, pelo que eu sei o enjoo não prejudica a gravidez não. Aliás, me disseram que biologicamente é um excelente sinal, significa que o seu corpo está fazendo de tudo (produzindo hormônios) para levar a gestação até o final... o "problema" é que esse excesso de hormônios nos faz passar mal!

      Excluir
  24. senti enjoos eté os nove orrivel mas o que aliviou foi o medico me passar dramim b6 eu tomava dois compremidos pela manhã de uma só vez,o unico problema era que dava muito sono.

    ResponderExcluir
  25. Fernanda Temístocles22 de junho de 2013 07:48

    Nossa, estou com 36 semanas de gestação e tudo que vc escreveu e alguns comentários citados, casam perfeitamente com meu estado. os vômitos passaram (a custa de remédios) por volta dos 4 meses, mas até hoje vivo enjoada e com mal estar. Realmente, estar grávida não é fácil (não tem nada a ver com minha filha, pois sempre foi meu sonho ser mãe e já a amo incondicionalmente). Sinto-me cansada, fadigada, desajeitada (minha barriga é enorme) e sem ânimo quase todos os dias...mas, já, já minha Maria Amélia chega e tudo isso passa. Que nossa mãe Maria ilumine a hora de todas vcs!

    ResponderExcluir
  26. Estou com 26 semanas e sinto mal estar e gases dilarantes e insõnia. O pior são os gases que quase não me deixam alimentar. Não engordei nenhum kilo, mais espero que tudo passe logo.

    ResponderExcluir
  27. olá!minha filha tem 24 anos e está com 7 meses de gravida ficou três meses hospitalizada por conta de vômitos e não conseguia se alimentar chegando a pesar 36 kg e pra se manter viva ela e sua bb teve que colocar sonda no nariz pra poder se alimentar, muito sofrimento tanto pra ela quanto pra família, hoje ainda sente muito enjoos, os médicos diagnosticaram que ela tem anorexia nervosa, está tomando vários remédios pra ansiedade e depressão, e sendo acompanhada por psiquiatra, psicólogos e nutricionista graças a Deus sua bb está bem e ela com ajuda dos profissionais e da família já conseguia adquirir 15 kg. Ela terá bb em março/14 e até lá de acordo com a nutricionista ela terá que estar com pelo menos 60 kg. estou muito preocupada

    ResponderExcluir
  28. Ola, sou Mara! Estou c 35 semanas e passo mal tds os dias!! Enjoo tuuuuuuudo e cheiro de tudo tb! Fico no quarto o dia inteiro e salivo mto desde o primeiro mes ate hoje! Nao aguento tanto sofrimento. Deus q me ilumina p chegar ate aqui.

    ResponderExcluir
  29. Meu nome Alika.
    Gente passei tanto mal e ainda to passando.
    To com 20 semanas, vomitos, salivaçao,internada por quase 10 dias
    Um horror, to afastada e meu unico consolo e ver meu bb em breve.
    Mas adorei td que postaram.
    Saber que nao sou unica.
    Bjs a todas

    ResponderExcluir
  30. Ola sou Fernanda que bom ler o relato de vcs....pq estou na minha primeira gestacao,sonhada e mt desejada. Mas tb tenho me sentido tao mal que chego a ficar triste. Hj msm e um daqueles dias em que nem sai da cama. Ja pensei em ir ao medico mas desiste pq lendo os relatos acima e tende que e normal. E ela a minha bebe esta que meche tanto que me indica estar bem gracas a deus. Bem meninas vamos orar,ja estou entrando no sexto mes...e logo logo vou conhecer essa linda promessa de deus. Otimo parto para nos bj gd...

    ResponderExcluir
  31. UFA! Que alivio, estou com 18 semanas e só consigo me sentir doente e não grávida.
    Deixei de fazer queixas pq as pessoas acham q é manhã, frescura.
    Tomo anti eméticos de seis em seis horas e mesmo assim passo muito mal, quando não é uma coisa é outra, náuseas refluxo, enxaqueca, sono excessivo
    Cheguei a pensar q estava com depressão.
    Muito obrigada pelo seu depoimento, pois só quem passa por uma situação dessas realmente entende.
    Vamos q vamos ainda tenho muito pela frente

    ResponderExcluir
  32. Oi meninas. Estou com 14 semanas e muito muito enjoo, fico com dó do meu marido que chega em casa e perguntei se eu estou melhor e todo dia é: não! Estou com muito enjoo! Tenho enjoo a todos tipo de líquido principalmente água e tento tomar 2 copos de suco por dia, mas isso me preocupa bastante. Está acontecendo ou já aconteceu com algumas de vcs? Tb não suporto nem gengibre nem frutas ácidas como limão e laranja pera. Sou a frustração das mães que tentam me dar dicas...espero que isso passe logo porque dá muito desanimo, vontade de não fazer nada...bjs Clariana

    ResponderExcluir
  33. É tão bom encontrar este tipo de relato! Ver que não somos as únicas e nos sentirmos mais tranquilas em saber que é normal! Estou de 22 semanas com muito enjôo, azia e sem barriga.. rs.. Mas Graças a Deus meu bebê está indo td bem, esse é meu maior conforto! Beijos e sucesso a todas!

    ResponderExcluir
  34. Ola meninas estou de 35 semanas e ainda tenho enjoos e hoje ta pior que todos nem levanta da cama me levantei ja não to aguentando mais e minha 5 gestação mas nenhuma foi igual a esta mal consigo andar, olha que nem engordei tanto apenas 8 quilos mas me conforto bastante em saber que não sou so eu que esta nesse desespero bjs a todas

    ResponderExcluir
  35. Bom dia meninas, bom pra começar estou passando por tudo isso e as vezes acho que não vou consegui, muitas pessoas falando, acho que não me entende as vezes me sinto culpada por tudo isso nem sei como explicar tenho vontade de chora a todo momento principalmente quando me julgam o dizem que sou um mulher molhe que não aguento nada, isso me deixa tão triste, mais tenho um Deus maravilhoso que todos os dias essa ao meu lado e não me abandonar por nada, essas palavras são tudo o que eu queria dizer a todo momento estou no começo na minha gestação estou com 16 semanas dizem que os enjoos passam nesse meses mais a minha continuam as veze não consigo nem comer por conta disso e como sempre muitos falando no meu ouvindo tem hora que dá vontade de desistir de tudo.

    ResponderExcluir
  36. Olá, estou de 5 semanas e já posso dizer que estou louca com todos os sintomas. Um mal estar que não consigo ir trabalhar, perdendo dias de serviço e sem conseguir sair da cama. Será que passará aos 3 meses ou se terei até o fim? :(

    ResponderExcluir
  37. Este post apesar da data é mto atual hj em 2017. Estou grávida de 20 semanas e sinto exatamente as mesmas coisas.... enjoos terríveis, dores de cabeça, estômago e coluna. Achei q fosse somente eu "sensível" demais em relação as outras mulheres, então guardava pra mim todos esses desconfortos, e falava para as pessoas quando me perguntavam sempre q estava tudo bem. Mas ficava angustiada e triste pois me sentia mal e cansada diariamente. Obrigada pelo ppst Talita. Abraço 23/7/2017

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!